Plano
de Gestão
de Pessoal

Recife
A Prefeitura do Recife anuncia o Plano de Gestão de Pessoal, com medidas necessárias para o enfrentamento do atual contexto econômico agravado pela pandemia. As ações buscam aumentar a capacidade de investimento para a cidade largar na frente e fazer mais em áreas como saúde, educação e obras nos bairros. A proposta foi encaminhada à Câmara de Vereadores para análise e votação.

Do que trata o plano?

  • Adequação da Previdência do Recife
  • Adequação do Estatuto do Servidor
  • Plano de Desligamento Voluntário (PDV)

O conjunto de medidas leva em conta: a obrigatoriedade de adequação a determinados pontos da Reforma da Previdência da União, aprovada em 2019; a necessidade de redução do déficit previdenciário, na ordem de R$ 10,2 bilhões (acumulado por anos), além do aumento na capacidade de investimento, da ordem de R$ 1,5 bilhão.

Quem será alcançado pelas medidas?

Não há qualquer mudança para quem é pensionista ou aposentado. As adequações dizem respeito aos 19 mil servidores estatutários da Prefeitura do Recife. Desses, mais de mil já podem se aposentar pelas regras atuais.

Conheça mais sobre o Plano de Gestão de Pessoal:

acessar pdf do plano

Perguntas frequentes dos servidores

A Prefeitura do Recife prepara uma série de medidas na área de gestão de pessoas, com o objetivo de viabilizar a realização de investimentos de até R$ 1,5 bilhão na cidade, no período de três anos. O investimento público vai atuar como indutor do desenvolvimento econômico e social no momento de retomada econômica, priorizando ações da Saúde e Educação, além de uma significativa ampliação no número de obras de infraestrutura nos bairros.